Casa assombrada (Rio Grande do Sul)

Posted in Uncategorized | Leave a comment

ONU CULTUA BELZEBU

Posted in Uncategorized | Leave a comment

PASCOA DO DIABO

Posted in Uncategorized | Leave a comment

PADRE QUE FUNDOU A UMBANDA

Posted in Uncategorized | Leave a comment

QUE RELIGIÃO VOCÊ SEGUE?

Posted in Uncategorized | Leave a comment

JANTANDO COM O DIABO

JANTANDO COM O DIABO

Não lembro bem do dia mas era no mês de Junho , fazia muito frio e eu tomava meu chimarrão quando o telefone tocou, era um grande amigo o Pai B. do Bara pedindo que eu fosse até sua casa ele queria conversar sobre um convite que havia recebido, na verdade ele queria saber se era eu quem tinha enviado já que não havia assinatura do emissário no dito convite.
Pior que eu tinha a mesma duvida pois a alguns dias também tinha recebido um convite assim e que depois confirmamos que era para a mesma janta.
No outro dia fui até sua casa e combinamos de irmos juntos.
Convite estranho comentei, não diz sobre o que é apenas um endereço e horário 20 horas.
Pesquisamos o endereço na internet, era uma casa em um condomínio de luxo em um dos mais nobres dos bairros de Porto Alegre.
No dia marcado fazia ainda mais frio , vesti um um terno preto camisa branca e gravata preta e por cima de tudo um sobre-tudo preto.
Combinamos que iriamos no carro dele afinal ele não bebe e eu, bom eu sem comentários.
Chegamos em Porto Alegre as 18 horas e resolvemos visitar um ou dois religiosos conhecidos para sondar se sabiam que convite era aquele, ligamos para alguns também e ninguém sabia de nada.
As 19:30 estávamos em frente ao endereço, pelo visto eramos os primeiros a chegar.
Fomos recebidos na porta por duas moças lindas uma loira e uma morena uma terceira terminava de colocar uns enfeites na mesa que ficava bem ao centro de uma ampla sala.
Entrem por favor fiquem a vontade se desejarem alguma coisa é só falarem estamos aqui para lhes servir-lhes.
Vendo aquelas beldade até tive vontade de desejar algo mais achei melhor não falar nada e entrei no local, o pai B do Bara ainda ficou tentando descobrir do que se tratava aquela festa mas as meninas disseram não saber.
Havia uma lareira em um canto bem aconchegante com dois sofás muito confortáveis ao lado da lareira a direita dos sofás uma parede de vidro dava vista para a piscina e um jardim muito bem cuidado.
Comentei que nosso anfitrião ou anfitriã era uma pessoa de posses e muito bom gosto, o pai B. do Bara disse que se fosse verdade a recepção seria feitas por dois gatos e não por aquelas barangas … rimos .
Eu e o pai B do Bara nos conhecíamos a mais de 20 anos mas nunca concordamos em gostos.
Eu admirava os quadros na parede quando o pai B.do Bara me chamou atenção para a porta.
-Olha quem esta chegando.
Era uma religiosa muito conhecida por nós.
Ela caminhou em nossa direção, eu não sabia qual seria sua reação afinal tivemos no passado um prazeroso problema.
-Boa noite Mâeizinha como vai a senhora? Perguntei beijando sua mão.
Talvez ela me desse um tapa na cara , mas eu não tinha saída se não trata-la com todo respeito e esperar que ela fizesse o mesmo.
-Boa noite Aganju.
Ela sempre se referia a mim pelo meu Orixa.
Ela perguntou se nós havíamos enviado o convite e respondemos que não fazíamos ideia do que era aquela reunião ou de quem tinha nos enviado o convite.
-Eu não ia vir , mas a curiosidade foi forte , mas fico feliz que estejam aqui.
Tocava uma musica muito suave tipo aquelas pra relaxar, fora isto o único som que se escutava na sala era de uma queda dagua na piscina.
Deixei os dois falando mal de mim , pois sei que é assim que funciona quando alguém se afasta e fui ao patio dar uma olhada na casa.
Vi movimento na churrasqueira, bom já sei oque sera a janta pensei comigo.
Voltei a sala a havia chegado mais umas 3 pessoas que não conhecíamos
eles também circulavam sem saber o que faziam ali.
Um garçom perguntou se queríamos beber algo.
Pedi um Burbom sem gelo pra mim uma taça de vinho para a Mãezinha pois sei bem o que ela gosta e uma água mineral para o pai B do Bara.
Dois senhores conversavam próximos a porta e logo vieram em nossa direção.
Após cumprimentos nos perguntaram de onde eramos congregados.
-De que igreja os senhores são? Perguntaram os dois quase que ao mesmo tempo.
-Não somos de nenhuma igreja, e na verdade nem sabemos quem nos convidou.Respondeu o pai B.do Bara.
Eles disseram que também não sabiam quem era o dono da festa mas que imaginaram ser algo da igreja visto que dos que estavam na sala 4 eram da religião evangélica.
O pai B do Bara comentou depois que os pastores se afastaram:
-Sera que é uma reunião da igreja evangélica , se é por que fomos convidados?
-Da igreja te garanto que não é, se fosse não teria bebida alcoólica e nem aquelas moças de mini saia que mais parece um abajur de bunda na entrada.
-Tu não tem jeito mesmo Aganju. Disse a Mãezinha.
-Uma coisa garanto a vocês, aqui todos estão ligado a algum tipo de religião.
-Pode ser .Disse o pai B do Bara.
-Notem a messa no centro da sala é a unica e tem 13 lugares contando com a cabeceira, pode ser acaso mas não acredito, eram 13 na Santa Ceia.
-Talvez seja Cristo que nos convidou. Disse rindo o pai B do Bara.
-Bom Aganju se for cristo peça perdão por ter largado o seminário e ter virado bruxo.
-Quem deve pedir perdão é a senhora por deixar uma pessoa 12 horas esperando num posto de gasolina só para tomar um café.Falei rindo de fatos passados, mas ela não gostou e ia iniciar calorosas discussão, conheço a peça, mas por sorte as luzes se apagaram.
Senti que alguém pegou minha mão e pelas unhas graças a Deus não era o pai B do Bara.
Não devia ter falado das 12 horas no posto, pensei comigo, afinal o café da mãezinha valia a pena.
Escutamos um sonoro e forte boa noite e todos respondemos como colegiais no primeiro dia de aula.
As luzes voltaram só que mais fracas a sala ficou em meio a penumbra, só iluminada pelas luzes de candelabros eletricos nas paredes da sala e pelos olhos da Mãezinha.

Disse nosso anfitrião.

-Sou o querubim ungido que o criador mandou a terra.
Ele estendeu a mão e uma luz muito forte emanou dela de forma iluminar toda sala.
Os pastores se jogaram ao chão dando graças.
-Tambem conhecido por alguns como Samael.
Os pastores levantaram na mesma hora e pareciam querer sair dali.
Com um movimento da mão ele fez com que as cortinas e as portas todos se fechassem e continuou a falar.
-Sou o Diabo, Lúcifer, Satanás ou qualquer outro nome e adjetivo que amim os senhores usem para me identificar, estou aqui hoje a pedido do pai criador e de meu irmão Jesus
e quero em nome deles agradecer a presença de todos os senhores.
Havia dois padres na sala notei por que nesta hora colocaram a Estola por cima de suas vestes e o resto do nosso grupo era formado por pastores evangélicos e religiosos representantes de diversas religiões espiritas como umbanda, kardecismo e nós .

Eu estava feliz com a presença do Diabo, afinal a Mãezinha segurava minha mão e isto me trazia boas lembranças.
O diabo seguiu falando:
-Os senhores estão aqui por que foram escolhidos entre os mais abertos a novas ideais, contudo de vos informar que as novas ideias que estão por ai é o motivo do Pai convocar esta reunião.
O pai não determinou nenhuma religião como sendo unica e por isso ele aceita seguidores de todas as religiões porem os homens causam muita confusão ai mudando a toda hora o que pode e o que não pode.
Por exemplo
La onde vocês chamam de inferno esta complicado por que tem muita gente la pedindo revisão de pena.
O sujeito era de uma religião e nós do mundo espiritual julgamos a pessoa pela fé que ela tinha e se os senhores mudam de ideia dentro da sua propria fé do que pode e não pode os que foram julgados agora que o que fizeram não é mais pecado querem sair do inferno e ai como eu fico?
-O pai mandou 10 mandamentos, por que os senhores não vivem só por eles ? Seria bem mais fácil para todos.
Um pastor levantou e disse :
– Como vamos ser julgados junto aos umbandistas por exemplo se o pai disse para adorarmos só a ele e os umbandistas adoram a varias entidades?
-Pois é . Disse o Diabo.
-È que os senhores fazem muita confusão, todo ser vivente ou espiritual e uma criação do Pai e se adorarem a eles estaram adorando ao Pai é simples se todos querem lugar mais proximos do pai estou aqui para ajudar a vocês eu não sou inimigo muito pelo contrario sou o melhor amigo dos homens, se querem ir ao Pai amem a tudo e a todos e terão lugar garantido.
O diabo era calmo ao falar e muito sensato.
-Pastor ,disse o Diabo, a religião que o senhor segue sera usada para julgar o senhor e seus seguidores e vou lhe dar um exemplo, quando ela começou os senhores não permitiam que seus fieis assistissem televisão porem hoje os senhores tem um canal de teve, e ai como eu fico, os que foram julgados por ver teve escondido agora querem revisão de pena ,já que agora os senhores decidiram que não é mais pecado.
-Então o senhor esta dizendo que Deus nos julgara pelas nossas regras?Perguntou um padre.
-Bom, disse o Diabo, quem os ira julgar sou eu, o Pai não julga ninguém o Pai é o premio o merecimento por ser justo e correto, eu sou justo pego as diretrizes que o Pai vos deu e suas crenças e vejo quem merece ou quem não merece chegar ao premio de conviver com o mestre dos mestres.
Entendi , disse o padre.
-Outra coisa os senhores ficam se envolvendo e dando pitaco na fé dos outros, eu já disse o Pai não determinou nenhuma religião então cada um segue o que achar melhor porem deve seguir de forma correta.
O diabo parecia exaltado tentando passar sua mensagem que fazia todo sentido e nisto parece todos nós ali concordávamos.
-Desculpe meus irmãos se me exalto é que quando trago mensagens do Pai quero ser bem claro e me emociono, mas enfim esta era a mensagem ame uns aos outros independente da fé esta é a mensagem que meu irmão ja passou e parece que as pessoas esquecem.
Bom irmãos era isto, disse o Diabo, vamos beber alguma coisa e depois conversamos estou aqui apara ajuda-los e espero que os senhores me ajudem também.
O Diabo pegou uma taça de vinho e propôs um brinde em nome do Pai Eterno os pastores ficaram meio assim de beber vinho mas o Diabo falou :
-Senhores beber não é pecado se fosse meu irmão Jesus não teria transformado água em vinho nas bodas da Galileia.
O Diabo havia conquistado a confiança dos pastores pois trocaram o copo de água mineral pelo de vinho e brindaram a Deus com o Diabo.
O Diabo chamou 2 pastores para perto da lareira para conversar e em seguida um garçom começou a servir uma linguiça assada.
A esta altura a fome era grande e me atirei na bandeja … que arrependimento a linguiça era pura pimenta.
Falei para o pai B. do Bara ;
-Cuidado a linguiça é apimentada pra Diabo.
O diabo escutou e me fez um sinal com a mão e rindo muito.
O pai B do Bara e a Mãezinha trocavam idéias de como digerir estas informações e ainda tentar explicar aos seus filhos de santo que o Diabo era um ser justo e ainda era irmão de Jesus .
Olhei para o relógio e vi que tinha parado as 21 horas.
Pedi ao pai B. para que visse a hora mas o relógio dele também tinha parado a Mãezinha olhou no celular e este também marcava 21 horas.
Vi no pulso do Diabo um relógio que pelo tamanho mais parecia um relógio de parede e como se já fosse intimo fiz sinal apontando o meu relógio e ele disse:
-È 21 horas Bruxo e serão 21 quando a reunião acaber eu não vim e nem posso tomar ao tempo dos senhores por isso o tempo aqui não passa .E com um sorriso malicioso continuou:
-Não se preocupe terás a noite toda pela frente quando a reunião acabar.
O Diabo retornou e mesa com os pastores e fizeram uma oração antes que fossem servida a janta.
Após a janta o Diabo pediu licença e se retirou.
Conversávamos todos na mesa a respeito de nosso anfitrião quando ele voltou com uma aparência 20 anos mais nova e um buque de rosas amarelas com uma rosa vermelha ao meio.
Levantei porque sabia que as rosas eram para a Mãezinha afinal era a unica mulher na janta, só que o Diabo num gesto abusado sentou na minha cadeira enquanto dava as flores a ela, fiquei meio perdido mas não me dou a derrota fui até a cozinha peguei 3 taças e uma champanha e fui convidar as moças da recepção a me acompanhar.
Elas disseram que não podiam aceitar por que estavam a trabalho mas eu insisti dizendo que o dono da festa era o Diabo e que ali valia tudo.
Funcionou e logo tomávamos taças e taças dando gargalhadas.
Da onde estava eu cuidava o Diabo que estava de costas pra mim e vi quando a Mãezinha correou os olhos por cima dos ombros do Coisa Ruim a minha procura.
Ele também notou e me chamou, me despedi das meninas mas não sem antes colocar na mão delas meu cartão, afinal a noite ia terminar as 21 horas mesmo.
Quando ai sentando o Tinhoso nos convidou apar sentarmos a frente da lareira.
A mãezinha levantou e saiu em direção as moças conversou com elas e voltou, neste meio tempo o Diabo cochichou no meu ouvido e deu um sorriso .
-Olha Bruxo cantar a mulher dos outros é feio.
Tambem falei o ouvido dele.
-Se é dos outros por que o senhor ta preocupado.
Rimos boas gargalhadas.
A Mãezinha sentou na frente do Satanás cheia de caras e bocas e eu resolvi terminar com aquela lenga-lenga do Diabo.
-Então o senhor é um anjo? Perguntei.
Sim, disse o Diabo cheio de sorrisos pra Mãezinha.
-Então o senhor não tem sexo. Falei com o um sorriso malicioso.
Ele levantou e saiu sem falar nada.
O pai B. do Bara só faltou me avançar.
-Tu ta louco chamar o Diabo de Viado.
-Eu não chamei ninguém dia viado, se ele é anjo ele não tem sexo ou eu to errado?
Não sei de onde saiu , mas apareceu uma morena coisa mais linda do mundo e com uma taça de vinho tinto me ofereceu um gole e sentou o meu lado.
Aceitei na hora e ela falou com uma voz sensual como se sussurrasse no meu ouvido
-Prefere esta minha aparência Bruxo.
Era o Diabo.
-Uso a aparência de acordo com a necessidade mas prefiro a masculina ja que é assim que a maioria me vê.
-Sou o pai da boa vida e da luxuria e isto é que corrompe os homens , tome cuidado para não cair nas armadilhas da vida.Mas como disse prefiro a aparência masculina , já volto.
Ele saiu e a Mãezinha resolveu me tirar um sarro dizendo.
-È Aganju o cara é o pai da Luxuria… que tu acha?
-Acho que se ele fosse tão bom assim não tinha chifre, e por falar nisto vou perguntar .
-Só que me falta tu ja chamou o homem de viado agora quer chamar de corno?
O Diabo voltou e nem bem tinha sentado eu lasquei.
-E estas guampa ai do que que é?
O Diabo riu.
-Tu não tem jeito mesmo Bruxo, por isto que gosto de você. As aspas ou chifres são símbolos de poder e gloria e por isso eu os uso para que os outros anjos saibam quem eu sou.
Vi a alegria nos olhos da Mãezinha por causa da resposta do Diabo e resolvi mudar de assunto.
Nesta altura todos os convidados estavam a nossa volta.
-Mas me diga uma coisa o senhor era a serpente do paraíso?
-Claro que não mas eu estava la e vi o que aconteceu.A serpente era sabia e sabia o que fazer e como convencer.Ela sabia que a mulher vê com os ouvidos e o homem escuta com os olhos e por isso foi fácil convencer.
A mulher se vislumbra não com o que vê e sim com o que escuta por isso dizemos que ela vê com os ouvidos ja o homem se vislumbra com o que vê e por isso dizemos que ele escuta pelo olhos.
Enquanto o Diabo falava do homem e da mulher uma luz muito forte começou a brilhar na sala.
-È meu irmão disse ele.

FIM DA PRIMEIRA PARTE

SEGUE EM
JESUS E O DIABO COMEM BOLO

Posted in Uncategorized | Leave a comment

COMO FAZER INICIAÇÃO NA ALTA MAGIA

Posted in Uncategorized | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

RITUAL DO ANJO CAIDO

Posted in Uncategorized | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment