ORIGEM DO DIA DAS BRUXAS

As festividades do Dia das Bruxas eram celebradas inicialmente nos dias entre o equinócio de outono e o solstício de inverno e era antecipado por festividades que duravam uma semana, marcando o início do ano novo na cultura celta.

O Dia das Bruxas era um dia de festa, pois festejava os mortos, que para a cultura celta, viviam num lugar de felicidade e perfeição, livres da dor, da fome e de qualquer tipo sofrimento, por isso era um dia de alegria. A data era também o dia em que acreditava-se que os mortos voltavam para visitar as suas famílias, entes queridos e antigos lares, e também para guiar os vivos para o mundo dos mortos.

De origem pagã e anglo-saxônica, o Dia das Bruxas, nome português adotado para o Halloween, foi bastante descaracterizado pela invasão Romana das Ilhas Britânicas e pela influência da cultura latina e do cristianismo. O Dia das Bruxas antecede o dia de Todos os Santos e o Dia de Finados, datas criadas pela Igreja Católica para cristianizar as festividades pagãs.

Hoje em dia, o Dia das Bruxas perdeu muito do seu caráter ritual e se tornou um dia de festa em que as pessoas se fantasiam de figuras assustadoras relacionadas à morte e aos submundos. Há um série de figuras e representações simbólicas associadas ao Dia das Bruxas, como caveiras, monstros, fantasmas, vampiros, bruxas, abóboras, entre outros.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s