UM BRUXO NO TEMPLO(ORDEM TEMPLARIA)

A Ordem do Templo de Salomão, ou a Ordem dos Templários, é uma ordem de cavalaria quase mítica, e onde se crê que se encontram conservados alguns dos maiores segredos místicos da humanidade.Desde o Santo Graal, aos restos mortais de Jesus, aos ossos de Maria Madalena, ao conhecimento da linhagem descendente de Cristo, a segredos sobre a imortalidade, á Arca da Aliança, já um pouco de tudo se afirmou sobre os tesouros secretos que se encontram na posse da Ordem dos Templários. Todas as lendas apontam contudo num sentido: os templários tiveram acesso a algum poderoso segredo esotérico que se encontrava encerrado, ou no mítico Templo de Salomão, ou algures nas terras de Jerusalém.A Ordem dos Templários foi criada na longínqua Jerusalém em 1118, por 9 cavaleiros. Estes uniram-se sob um voto de santidade e cavalaria, jurando proteger todos os peregrinos que viajassem para Jerusalém, assim como proteger a própria Terra Santa onde Jesus viveu e sucedeu todo o milagre da ressurreição. Assim a Ordem dos Templários é uma ordem de natureza mística: os seus membros são simultaneamente cavaleiros, ( guerreiros), e monges, ( homens do clero), que vivem tanto sob uma rígida disciplina militar, ao mesmo tempo que observando com todo o rigor a vida espiritual.As cruzadas ocorrem do sec XI ao sec XII, aquando do movimento de expansão Geopolítica, económica e religiosa dos reinos europeus no sentido do médio oriente, por contraposição aos movimentos de invasão muçulmana da Europa.Quando as cruzadas terminaram, a existência da Ordem dos Templários já não fazia sentido, pois a sua principal razão de existir, ( proteger os peregrinos que viajavam para Jerusalém, e guardar a Terra Santa), já não fazia sentido. Todos  os lugares santos estavam já perdidos e 1244, e a Terra Santa depois da queda do Porto de Acre em 1291 jamais voltou a ser reconquistada. As cruzadas já não existiam, e a terra santa já não necessitava de protecção. Parecia que neste ponto da história, o papado iria simplesmente dissolver a Ordem dos Templários.No entanto, contam as lendas que foi nesses tempos, que um segredo desenterrado do chão de Jerusalém foi levado aos olhos do papa. Tal seria a importância desse segredo religioso, que o papa Inocêncio não só autorizou a continuação da existência desta ordem religiosa, como lhe concedeu poderes ilimitados e total autonomia, sendo que assim a Ordem dos Templários prosperou sem limites nem precedentes.A dado momento da história Europeia, dizia-se que os Templários eram a mais rica instituição do mundo, superando mesmo o Papado. Todos os reinos da Europa contraiam empréstimos á Ordem dos Templários. Os Templários funcionavam como uma grande multinacional financeira, um banco de dimensões internacionais, logo uma organização de enorme influencia e poder. Consta que um dos reinos que mais se endividou junto da Ordem dos Templários, foi a França. E rezam certas versões, que foi precisamente por esse motivo, que no Sec XVI, a França actuou cruelmente de forma a dizimar todos os membros da ordem, e a apoderar-se dos bens e tesouros da Ordem dos Templários. O rei de França Filipe VI, pressionou o Papa Clemente V de forma a obter uma autorização para atacar impunemente e á traição a Ordem dos Templários. O papa Clemente V,( também ele um dos devedores de vastas somas de dinheiro á Ordem dos Templários), acabou acedendo. Na madrugada de 13 Outubro 1307, centenas e centenas de monges foram assassinados sem ordem nem aviso. Os que não foram mortos imediatamente, foram encarcerados para logo depois serem queimados na fogueira. O movimento militar do rei Filipe VI foi fulminante e impiedoso.No entanto, ao tentar apoderar-se do precioso segredo que a Ordem dos Templários possuía no seu tesouro, Filipe VI encontrou uma decepção: a frota de navios Templários estacionados em França desaparecera misteriosamente para nunca mais ser vista, e com ela… o segredo e o tesouro dos Templários.Dizem as lendas, que a frota se dirigiu para Portugal, onde sabia contar com forte protecção.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s