HISTORIA DO LORDE DA MORTE

No ano de 1630  o  ultimo Conde de Abrantes  D. Miguel de Almeida, esteve em segredo  na França onde reuniu-se com  mais 20 pessoas para começar um movimento pela restauração da  independência  do Reino de  Portugal, la ele teve uma  noite de amor com uma francesa  que trabalhava na estalagem onde se reuniram.

De volta a  Portugal  seguiu com sua vida, sem saber que havia deixado na França sua semente.

 

A HISTORIA DO LORDE DA MORTE

 

No ano de 1631 nascia na França  o herdeiro de um grande condado português, o condado de Abrantes, porem  sem reconhecimento de sua paternidade era apenas Pierre Bastide.

Pierre  foi criado junto a estalagem  onde passavam muitos viajantes e sua educação sofreu  a interferência de muitas culturas.Quando completou 15 anos sua mãe revela que é  o seu pai  e ele decide ir em busca de seu destino.

Pierre tinha passado sua infância no mosteiro onde estudou  e aprendeu a ler  e como no mosteiro passavam muitos frades aprendeu diversos idiomas,o que agora facilitaria sua  busca.

Pierre chega a Portugal  em meados 1647, onde fica fácil localizar seu pai, este esta envolvido na revolução e é homem de confiança do rei .

Na época  um filho bastardo não tinha direito a nada porem  D. Miguel era home justo  e reconhece seu filho  porem não junto a comunidade e isto lhe impede de passar o titulo de conde ao seu filho.

Mesmo sem o reconhecimento permanece ao lado do seu pai até sua morte  em 1650.

Com algumas economias deixadas pelo pai ,pois as propriedade foram tomadas pelo governo  já que  oficialmente  Dom Miguel não tinha herdeiros, Pierre

 volta a França  onde descobre que a mãe havia casado  com um rico e prospero  comerciante  e esta morando  em uma fazenda.

Ao localizar seu paradeiro  conhece seu padrasto um homem velho e de bom coração  que lhe revela  que sua mãe havia sido levada a Inglaterra acusada de bruxaria  e que ele muito velho não pode fazer muita coisa  se não reclamar as autoridade que chegaram a lhe ameaçar  de envolvimento com  bruxaria.

Pierre  viaja a Inglaterra para tentar salvar sua mãe dos inquisitores da igreja .

Em Londres  descobre que sua mãe esta viva  e vivendo em um convento pois

os inquisitores  descobriram que  tinham pego a pessoa errada e que a bruxa ainda estava na França, porem o mal já estava feito  e as torturas tinham deixado ela muito fraca e estava morrendo.Pierre consegue ainda ver sua mãe viva  e esta lhe diz que quer voltar a França  para morrer ao lado do homem a quem amou e que foi muito bondoso com ela arriscando inclusive a própria vida ao dizer que era seu companheiro.

Pierre retorna com sua mão porem ela não resiste a viagem e  morre .

Já  na França ela é enterrada  na fazenda onde havia sido feliz ao lado do velho comerciante que esta muito doente  e que relata que uma doença esta matando todos na redondeza.

Pierre cheio de ódio resolve se vingar  e traça um plano diabólico ,diz ao velho que na Inglaterra existe a cura de sua doença  e coloca ele em uma carroça e retorna a  Londres levando com ele a morte  uma  doença que iria matar milhares  de pessoas  em Londres.

Em Londres já com o velho muito mal  ele vai a igreja  e entrega o velho como o bruxo que foi responsável pelo engano  e a morte de sua mãe  ,os inquisitores acreditam e  o levam para  dentro da igreja para torturá-lo , sem saber que levavam a morte pela mão são contagiados pela doença que  se espalha rápido.

Pierre  acreditava que também tinha a doença pelo contato com o velho porem a doença ainda não havia lhe contagiado.

No ano de 1665  a doença que ficou conhecida como a Grande  Praga de Londres matou mais de 100 mil pessoas.  

Milagrosamente  a doença havia poupado Pierre, mas   no ano de 1666 ele sentiu que havia chegado sua hora e resolveu dar um ultimo golpe  na cidade responsável  pela morte de sua mãe .

O grande incêndio de Londres foi uma das maiores catástrofes da capital inglesa, tendo destruído as partes centrais da cidade de 2 de setembro a 5 de setembro de 1666. O incêndio ameaçou destruir o distrito de Westminster, o Palácio de Whitehall e alguns subúrbios, mas não chegou a destruí-las. Destruiu 13.200 casas, 87 igrejas, a Catedral de St. Paul e 44 prédios públicos. Entretanto, acredita-se que poucas pessoas morreram. Os registros da época computaram um total de 100 mil desabrigados e nove óbitos. Mas pesquisas atuais afirmam que milhares de pessoas podem ter morrido, já que pessoas mais pobres e da classe média não eram registradas.

O fogo começou na padaria de Thomas Farriner (ou Farynor) em Pudding Lane e logo se espalhou. A propagação das chamas foi favorecida pela estrutura medieval da cidade: ruas estreitas e casas de madeira muito próximas umas das outras.

Pierre tinha se vingado porem morreu durante o incedio.

Por ter levado a  morte a muitas vidas chegou a mundo espiritual  com o titulo de Lorde da Morte

 

About these ads
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s